Daily Archives: 19 de Março de 2016

Piloto do BP Ultimate Vodafone Team estava a ser o mais rápido em prova

Miguel Barbosa foi esta tarde forçado a abandonar quando disputava a vitória na Baja TT Rota do Douro prova de abertura do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno. Quando liderava a corrida, o piloto do BP Ultimate Vodafone Team acompanhado de Miguel Ramalho começou por ficar com apenas transmissão traseira no seu Mitsubihi Racing Lancer para depois para de forma definitiva em plena Serra do Marão.
 photo MBarbosa_BajaDouro_04.jpg
“Estávamos a ser os mais rápidos no início da segunda passagem pelo setor seletivo e já tínhamos ganho importantes segundos aos nossos diretos adversários quando, por volta do quilómetro trinta começámos a ter problemas (mais…)

(21)

Nuno Matos lutou pela vitória no Douro:“Este pódio é uma boa operação para o campeonato”

 photo Nuno Matos_Baja Rota do Douro_3.jpg

Soube a pouco. Nuno Matos e Filipe Serra terminaram a Baja TT Rota do Douro no 3º lugar absoluto e 2º do CNTT, numa prova que lideraram após os 145 kms do primeiro Setor Seletivo.

 photo Nuno Matos_Baja Rota do Douro_1.jpg
A equipa do Opel Mokka Proto começou a prova com um 3º lugar no Prólogo de sexta-feira, conseguindo uma boa posição de partida para os dois setores seletivos de hoje. Sob chuva e nevoeiro, Nuno Matos e Filipe Serra assumiram mesmo a liderança no primeiro troço “a sério” da prova nortenha, chegando ao final do SS1 com 28 segundos de vantagem sobre o segundo classificado.

 photo Nuno Matos_Baja Rota do Douro_2.jpg
À tarde, a dupla de Portalegre esperava manter esse ritmo mas foi traída por uma quebra na transmissão logo ao km 20 do SS2, que deixou o Opel Mokka Proto com tracção apenas na roda dianteira esquerda! Ainda assim, Nuno Matos levou o carro até ao final e obteve o segundo pódio consecutivo na Baja Rota do Douro, terminando no 3º lugar absoluto.

“Foi uma odisseia! Claro que depois de terminarmos a manhã na frente queríamos lutar até ao final pela vitória mas algo se partiu na transmissão e ficámos só com uma das rodas da frente a puxar! Fizemos mais de 120 kms nessas condições, num terreno muito duro e com chuva. Ainda assim, chegámos ao final e este pódio acaba por ser uma boa operação em termos de campeonato, pois acumulámos os pontos do 2º lugar. Confesso que soube (mais…)

(35)