photo maccedilatildeo.jpg

A simpática vila de Mação, bem no centro de Portugal, volta a acolher a mais espectacular provas de trial 4×4 em Portugal. O Campeonato Nacional de Trial 4×4 regressa a Mação em 2016, desta vez para a segunda etapa.

E se já era esperada uma enchente de público, continuando a tendência de crescimento que se tem verificado nos últimos anos, a lista de inscritos também é enorme.Aliás, Mação bateu o record da maior lista de inscritos de uma prova do Campeonato Nacional de Trial 4×4, com 37 equipas inscritas. Mais um fator que promete fazer desta segunda jornada uma das grandes etapas de 2016.

Rui Marques, presidente do Mac TT, revela a paixão que o trial desenvolveu em Mação, mas particularmente na equipa do Mac TT, surpreendendo tudo e todos “pelo número de pessoas que se apaixonaram pelo trial, e que anualmente enchem este evento, graças à prova que nos tem visitado”.

Segundo Rui Marques, graças ao trial “há hoje mais praticantes, mais espectadores, mas sobretudo mais famílias a aproveitar os seus tempos livres para passear no campo”. Nesta aventura que é organizar uma prova do CNTrial 4×4 o MacTT conta com o total empenho da Câmara Municipal de Mação que tem investido no todo-o-terreno de lazer e de competição, como meio de promoção e divulgação do concelho, mas também de dinamização da economia e do associativismo local, assim como, de várias empresas e amigos que têm reconhecido o valor do trabalho da estrutura do Mac TT.

Vasco Estrela, o jovem residente da Câmara Municipal de Mação, confessa que “a prova de trial de Mação é já um marco na vida do concelho, é um esforço que a autarquia faz ao apoiar e investir neste evento, mas é, garantidamente, um esforço com muito retorno a todos os níveis. Falo na mobilização das gentes locais, no associativismo, mas também no forte contributo que revela na economia local, e na promoção do concelho em todo o país, valor que não é sequer mensurável”.

Para o autarca de Mação, é “um orgulho receber esta prova e um privilégio contar com o MacTT para a organizar”.

A segunda jornada realiza-se então a 23 e 24 de abril, em Mação. As verificações técnicas e parque fechado decorrem sábado, a partir das 16H no parque da vila. Domingo é dia de competição, com o prólogo a partir das 10H e a resistência às 14H30.

Programa Oficial

SABADO – 23/04/2016
16h00 / 20h00 – Secretariado, verificações técnicas e administrativas
16h00 / 20h00 – Parque fechado Centro da Vila de Mação
21h00 – Briefing c/ os pilotos (Auditório Elvino Pereira)
22.30 Festa 4×4 nos bares aderentes NOK BAR E CAFÉ CENTRAL

DOMINGO – 24/04/2016
08h00 / 09h00 – Abertura parque fechado
08h00 – 10h00 – Secretariado, verificações técnicas e administrativas
09h00 – Deslocação até local da prova
10h00 – 12h00 – Prologo para qualificações pré-grelha
12h15 – Publicação de tempos
13h00 / 14h00 – Pausa para almoço
14h00 / 14h15 – Entrada em Parque Fechado / Grelha de Partida
14h15 – Neutralização/Briefing
14h30 / 17h30 – Inicio prova Resistência Campeonato Nacional Trial 4×4 (3 horas)
15h30 / 17h30 – Inicio prova de Resistência, Classe da Promoção, TT UTV/Buggy e
Troféu Auto Russo 4×4 (2 horas)
17h35 – Divulgação/Publicação das classificações Oficiais Provisórias
18h05 – Divulgação/Publicação das classificações Finais Oficiosas
18h15 – Cerimónia da entrega de prémios

PRÉMIOS “Troféu Auto Russo 4×4”
a) Ao primeiro classificado Vale de desconto no valor de 250€ Euro Parts 4×4:
b) Ao segundo classificado Vale de desconto no valor de 200€ Euro Parts 4×4:
c) Ao terceiro classificado Vale de desconto no valor de 150€ Euro Parts 4×4:

(594)

 photo mapa final.png

Para a etapa de 2016, a pista de Mação foi aumentada, ficando agora com cerca de 2500metros. Alguns triais foram retirados, em relação aos anos anteriores, mas novos obstáculossurgiram. E para quem pensa que a pista foi suavizada, desenganem-se: “os obstáculos não foramfacilitados. Foram alterados de forma a aumentar a segurança e o espetáculo. Tivemos também aatenção de aumentar os pontos de ancoragem”, referiu Sérgio Santos, vice-presidente do Mac TT eprincipal responsável pela realização desta prova.

Contudo, o grande fator diferenciador da prova desta época serão as condiçõesmeteorológicas. Se nos dois anos anteriores a prova de Mação foi rica em muito calor e pó, este ano,pelas previsões, a chuva nos dias anteriores vai baralhar as equipas uma vez que grande parte dopercurso é composto por lousinha, que dificultará muito a tração das viaturas, tenham elas muita oupouca potência.

O Mac TT também levou em conta a questão da segurança e por isso aumentou ainda maisas regras de segurança principalmente nas zonas mais perigosas bem como nas travessias de pista.“Queremos que Mação continue a ser uma referência pelas boas razões e não pelas más,aproveitando para alertar todos aqueles que rumarem a Mação no próximo dia 24 de abril querespeitem os elementos da organização, que ali se encontram de forma voluntária e tudo fazem paraque o evento seja uma grande festa e continue a ter o êxito dos anos anteriores”, referiu SérgioSantos.

(49)

Piloto de Torres Vedras navegado por João Filipe venceu em Arganil 

João Dias excelentemente navegado por João Filipe venceu a prova de abertura do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno em 2016, a 23ª edição do Raide TT Paraíso Todo-Terreno, prova organizada pelo Góis Moto Clube e que este ano teve o seu centro nevrálgico em Arganil.

 photo Joatildeo Dias Polaris.jpg

Aos comandos de um Polaris RZR Turbo o piloto de Torres Vedras superou todas as dificuldades desta corrida e conseguiu um brilhante triunfo, conquistado na ponta final da prova. Com este resultado, o piloto venceu também a primeira etapa do novo Troféu Polaris RZR.

“Começámos o ano de 2016 a ganhar tal como tínhamos saído de 2015 com uma vitória em Portalegre. Tivemos problemas na etapa inicial com a visibilidade quase nula da especial de sábado e com problemas de travões. Conseguimos corrigir essa situação e a meio da etapa de Domingo tivemos problemas com a correia que também conseguimos felizmente resolver. Na segunda metade da etapa atacámos e conseguimos ganhar o tempo que nos permitiu ganhar a prova. Gostei dos troços que a organização escolheu, com algumas partes ao estilo de rali o que nos deu muito prazer”, salientou João Dias no final da corrida.

 photo Joatildeo Dias_Joatildeo Filipe.jpg

(16)

João Dias aposta no Top 5
Piloto de Torres Vedras será navegado por João Filipe

 photo Joatildeo Dias e Joatildeo Filipe.jpgQuinto classificado no Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno em 2015, João Dias está apostado em ser um dos protagonistas da temporada de 2016 que amanhã se inicia em Arganil, com a realização da 23ª edição do Raide TT Paraíso Todo-Terreno, prova organizada pelo Góis Moto Clube. O piloto de Torres Vedras preparou muito bem esta nova temporada que promete ser a mais competitiva de sempre de um campeonato que é considerado o melhor de toda a Europa.

Trabalhámos muito nas nossas máquinas, tanto no Polaris RZR 1000 como no mais recente Polaris RZR Turbo. Foram feitos diversos desenvolvimentos a partir da experiência recolhida no ano passado e estou confiante de que poderemos fazer uma boa temporada sabendo que a concorrência vai ser muito forte. Queremos ficar entre os cinco primeiros mas para isso vamos ter de ser competitivos e competentes em todas as provas”, salientou João Dias photo Polaris RZR.jpg

O 23º Raid Paraíso do Todo-o-Terreno terá um total de 211 quilómetros cronometrados em troços rápidos e exigentes, situados entre a Serra do Rabadão e o vale do Rio Ceira. No Sábado terá lugar a PEC 1 com cerca de 17 quilómetros de extensão. No Domingo serão disputadas duas especiais com 52 e 45 quilómetros respetivamente, percorridas por duas vezes.

(3)